Workshop A Ciência, Tecnologia & Inovação para o Brasil Amanhã



Evento lança INCTs da Unesp no Instituto de Química de Araraquara dias 9 e 10 de março 
INCTs da Unesp

INCTs da Unesp

O Workshop A Ciência, Tecnologia & Inovação para o Brasil Amanhã, que marca o lançamento dos INCTs ((institutos nacionais de Ciência e Tecnologia) – UNESP (INCT-BioNat & INCT-DATREM) ocorre no Anfiteatro Central do Instituto de Química da Unesp de Araraquara dias 9 e 10 de março.

O Workshop “Ciência, Tecnologia & Inovação para o Brasil Amanhã”, realizar-se-á nos dias 09-10 de março, 2017, organizado pelo Curso de Pós-Graduação em Química do IQAr. Com uma temática atual na agenda nacional e internacional de ciência, tecnologia, inovação e difusão do conhecimento para a sociedade, o evento contará com eminentes cientistas de áreas distintas do conhecimento, consagrados também pelas suas atuações destacadas na gestão de políticas de ensino superior, pesquisa cientifica, tecnologia e inovação em instituições públicas do estado de São Paulo e do Brasil.

Inscrições no link: http://www.iq.unesp.br/#!/pos-graduacao/quimica-2/aula/

O IQAr, desde sua criação, esteve compromissado com a excelência acadêmica da UNESP. Com esta missão, organiza o presente workshop para oficializar o lançamento dos 2 únicos INCTs da UNESP - Instituto Nacional de Tecnologias Alternativas para Detecção, Avaliação Toxicológica e Remoção de Micropoluentes e Radioativos – INCT-DATREM, coordenado pela Profa. Maria Valnice Boldrin e o

Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Biodiversidade e Produtos Naturais – INCT-BioNat, coordenado pela Profa.  Vanderlan da S. Bolzani), selecionados entre os 102 projetos aprovados pelo CNPq, em dezembro de 2016.  

Com uma programação que sintetiza as questões pelas quais os INCTs foram idealizados, o evento visa uma discursão ampla sobre o futuro da ciência que o Brasil precisa para se tornar competitivo e inovador e o IQAr sentir-se-á honrado com a sua presença.

O Prof. José Eduardo Krieger falará sobre o futuro da ciência que o Brasil demanda para se aproximar dos países centrais. O sistema nacional de ciência e tecnologia, não obstante, seu tempo recente de construção e organização, hoje destaca-se em algumas áreas estratégicas para o país. No entanto, com dimensão continental, a ciência brasileira está ainda concentrada em algumas regiões e diminuir essa heterogeneidade, visando a consolidação de uma ciência robusta para o Brasil amanhã é um exercício instigante para os cientistas, gestores de universidades, de instituições de pesquisa e para o próprio estado.

O Prof. Jorge Guimarães, presidente da EMBAPII destacará o papel do setor industrial para o avanço tecnológico e as inovações que o país demanda. Mostrará como a excelência acadêmica é essencial para a inovação em áreas vitais para o desenvolvimento nacional, dando ênfase ao papel da EMBRAPII e da relação empresa/universidade para o desenvolvimento econômico nacional.

Uma discussão recorrente hoje no país é qual o significado e o papel da ciência que se faz no país para a população em geral. É fundamental que a sociedade brasileira tome conhecimento e perceba que a ciência é vital para a melhoria da vida das pessoas. Com este foco, a jornalista e profa. titular da UFBA Mariluce Moura fará sua conferência.

O prof. João Fernando G. de Oliveira encerrará o evento falando sobre os desafios da nova gestão da ciência dirigida ao desenvolvimento econômico e social. Neste contexto discursará sobre os desafios de gestão do sistema de C&T&I, cujo escopo cresceu de forma gigantesca ao longo do tempo, de forma que os desafios para articulação do conhecimento em busca de resultados para benefício da sociedade estão cada vez mais complexos. Os resultados sociais da ciência incluem a cultura científica e valores sociais de busca de conhecimento que são altamente relevantes para uma sociedade mais justa. A articulação do conhecimento para descoberta de novas invenções ou criações de impacto social, econômico e/ou ambiental dependem de uma gestão articulada de C&T&I. Num momento onde fazer ciência não resulta de maneira tão óbvia em inovação ou aplicações do conhecimento, há de se pensar uma nova forma de planejar e gerir ciência para se obter desenvolvimento social.

Completando a programação, uma mesa redonda foi programada para discutir como os INCTs podem se articular para contribuir e ampliar a interação entre universidade & empresa, destacando como estes institutos de pesquisa espalhados por todo o país podem contribuir para as políticas públicas voltadas para melhoria do sistema nacional de ciência e tecnologia. Para tanto, contará com a participação de profs. com larga experiência: Edson Furtado (UNESP, SP), Josino da Costa Moreira (Fio Cruz, RJ) e Paulo Anselmo Ziani Suarez (UNB, Brasília, DF).

Programação do workshop

Dia 09-03-2017

8:30hs:  Sessão de abertura

9:15hs: Conferência de Abertura: O futuro da ciência que queremos para o Brasil - José Eduardo Krieger (Prof. Titular InCor-HCFMUSP; Pró-Reitor de Pesquisa USP, São Paulo, SP)

10:10hs: Apoiando a inovação nas indústrias: O papel da EMBRAPII no fomento à inovação no Brasil - Jorge Almeida Guimarães (Prof. emérito da UFRJ; Diretor-Presidente da EMBRAPII, Brasília, DF)

11:00hs: Intervalo - Café

11:20hs: Papel da divulgação científica na vida do cidadão - Mariluce Moura (Jornalista, Profa. Titular e Assessora da Reitoria para Divulgação Científica, UFBA Salvador, BA)

12:10hs: Debate sobre as conferências do período da manhã

12.40hs: Almoço

14:00hs: Mesa redonda: Como os INCTs podem contribuir para ampliar a Interação entre Universidade & Empresa num país continental?

Edson Furtado (Prof. Adjunto Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatu, SP; Presidente da Fundunesp, São Paulo, SP)

Josino da Costa Moreira (Pesquisador Fio Cruz, Rio de Janeiro, RJ)

Paulo Anselmo Ziani Suarez (Prof. Titular UNB, Brasília, DF)

16:20hs: A nova gestão da Ciência: montando o quebra-cabeças do desenvolvimento - Joao Fernando Gomes (Prof. Titular USP, São Carlos-SP; Vice-Presidente da ABC e membro do Conselho Superior FAPESP)

17:20hs: Confraternização por adesão

 

Dia 10-03-2017

8:30hs: Design of Photoelectromical Solar Cells and Their Role for the Development of Solar-driven Chemistry - Siglinda Perathoner (Profa. Universidade de Messina, Itália)

9:20hs: New Approaches to Electrochemical Monitoring of Various Biomarkers - Jiri Barek (Prof. Charles University, República Checa)

10:10hs: Reunião paralela dos INCTs

Anfiteatro Central:

Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Biodiversidade e Produtos Naturais – INCT-BioNat

Coordenadora: Vanderlan da S. Bolzani; Vice Coordenador: Edilberto R. Silveira (UFC)

10:10hs

Auditório Biblioteca:

Instituto Nacional de Tecnologias Alternativas para Detecção, Avaliação Toxicológica e Remoção de Micropoluentes e Radioativos – INCT-DATREM

Coordenadora: Maria Valnice Boldrin Zanoni; Vice-Coordenador: Rodnei Bertazoli (UNICAMP)

Comissão Organizadora do Workshop

Governança do INCT Bio-Nat

Letícia Lotufo (Profa. Titular do IB-USP, São Paulo, Administração Geral)

Ian Castro-Gamboa (Prof. Assistente, Depto Quim. Orgânica, IQAr, Coordenador de Bolsas)

Vanderlan da Silva Bolzani (Profa. Titular, Depto Quim. Orgânica, IQAr, Coordenadora INCT Bio-Nat)

 

Governança do INCT DATREM

Maria Valnice Boldrin (Profa. Titular Depto. Quim. Analítica, IQAr, Coordenadora INCT-DATREM)

Hideko Yamanaka (Profa. Adjunta, Depto. Quim. Analítica, IQAr)

Raquel Fernandes Pupo Nogueira (Profa. Adjunta Depto. Quim. Analítica, IQAr)

Maria del Pilar Taboada Sotomayor (Profa. Titular Depto. Quim. Analítica, IQAr)


Pós-graduação:

Coordenador: Sidney José Lima Ribeiro 

Vice-Coordenador: Arnaldo Alves Cardoso

Suporte logístico das funcionárias:

Wennia Limonti de Souza dos Santos (Supervisora da Seção Técnica de Pós-Graduação)

 Marli Mendonça da Silva (Supervisora Técnica, Escritório de Apoio à Pesquisa)

Vilma Pestana (Secretária NuBBE)

Patrocínio – Programa de Pós-Graduação em Química (CAPES), IQAr e INCTs.

Assessoria de Comunicação e Imprensa


Conteúdo relacionado