Fazendo arte com os olhos / Making art with eyes



Grupo desenvolve campanha para realizar projeto no Exterior

Por Rosangella Leote

Parte da equipe que participa de atividades do projeto

O Grupo de Pesquisa: GIIP (http://www.giip.ia.unesp.br) do Instituto de Artes, da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Unesp (SP), sob coordenação da professora Rosangella Leote (rosangellaleote@gmail.com), está desenvolvendo a campanha: “Fazendo arte com os olhos/Making art with eyes”.

O objetivo é levar uma apresentação para o exterior, com interfaces assistivas para as Artes e outras obras de pesquisa. O projeto, segundo os organizadores, é único no mundo: Pessoas que não possuem movimentos e nem capacidade de fala poderão fazer e ensinar artes com os olhos (plásticas, cênicas e musicais). “Nosso foco são as pessoas com Síndrome de Locked-in (LIS/encarceramento), Paralisia Cerebral (PC/CP), degeneração precoce, entre outras, que incapacitam a pessoa a agir, efetivamente, na sociedade. “ocamos em pessoas de media e baixa renda, mas que tenham grandes propósitos sociais e criativos”, diz a coordenadora.

Link para a plataforma: http://juntos.com.vc/pt/arteolhos
Link para a página do Facebook: https://www.facebook.com/fazendoartecomosolhos/

A professora alerta que O DINHEIRO até agora doado SERÁ DEVOLVIDO se não for atingida a meta. Porém, se a meta for atingida, muitos serão beneficiados.

A colaboração pode ser feita com CARTÃO ou BOLETO BANCÁRIO. “O site é seguro. A Juntos Com Você é um projeto social. Eles não ganham nada por abrigar a campanha. Para  doar, clique em “APOIAR ESTE PROJETO”, comenta a coordenadora do projeto.

Vão participar do projeto DANÇAR COM OS OLHOS duas das colaboradoras do projeto: a jornalista Samara Andressa Del Monte, que tem paralisia cerebral, e a pesquisadora, Dra. Ana Amália Barbosa que tem síndrome de Locked in (encarceramento). Elas dançarão juntos com  o coreógrafo e bailarino Nigel Anderson, numa experiência inédita.

Rosangella aponta ainda que também é possível colaborar com SERVIÇOS e MATERIAIS. “Isto nos ajudaria a cumprir as metas. caso contrário, o dinheiro já arrecadado será devolvido aos doadores. O que é justo. A campanha é TUDO ou NADA! Pode ser DOAÇÃO, EMPRÉSTIMO ou SERVIÇO”, comenta.

A coordenadora informa que, se alguém tiver um dos itens abaixo e quiser colaborar, é só mandar mensagem que será feito contato:

O QUE PRECISAMOS:

Pessoal que possa fazer SERVIÇOS de:

• Edição de vídeo
• Gravação de vídeo
• Fotografias
• Impressões em plotter
• Costura
• Iluminação
• Divulgação na imprensa
• Produção
• Apoio na recepção do público
• Montagem cênica

EQUIPAMENTOS (pode ser empréstimo no Brasil e/ou na Áustria) :
• Micro câmeras
• 2 Projetores acima de 2500 lumens
• 2 MACBOOK (pode ser antiguinho)
• 3 Notebooks com Windows 10.
• 1 cadeira de rodas motorizada

VIAGEM DA EQUIPE PARA A ÁUSTRIA :
• Passagens aéreas de São Paulo à Linz
• Estadia do dia 2 ao dia 13 de setembro, em Linz

Estamos pedindo apoio para 4 pessoas, mas irão 9.
Pode ser que você conheça um amigo que empreste ou alugue uma casa por um preço bem modesto, em Linz.

Ou tenha uma agência de viagem…

Enfim, colabore como puder!

Rosangella Leote
PPG em Artes

Líder do Grupo Internacional e Interinstitucional de Pesquisa em Convergências entre Arte, Ciência e Tecnologia - GIIP
Departamento de Artes Plásticas
Instituto de Artes
Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho” – UNESP


Conteúdo relacionado