Unesp entre os mais importantes avanços científicos de 2017



Pesquisadores são ligados ao Instituto de Física Teórica

Assessoria de Comunicação e Imprensa (ACI) Unesp

A revista Physics World ( https://goo.gl/PZhAh2 ) acabou de publicar uma lista com os mais importantes avanços científicos de 2017. Um outro artigo publicado em agosto (https://arxiv.org/abs/1708.04342) publicou uma lista com os artigos mais citados na área de física teórica de altas energias na América Latina de 1990 a 2012. O que ambas as listas possuem em comum? A presença de pesquisadores e docentes do quadro permanente do Instituto de Física Teórica (IFT) da Unesp ou que estiveram no IFT – Unesp.

Entre os mais importantes avanços científicos de 2017, segundo a Physics World, está a detecção de ondas gravitacionais pelo Observatório Interferométrico de Ondas Gravitacionais (LIGO, em inglês) – descoberta que deu o prêmio Nobel aos físicos Rainer Weiss, Barry Barish e Kip Thorne. Riccardo Sturani, hoje professor no Instituto Internacional de Física da UFRN, participa diretamente da colaboração LIGO e estava no IFT como Jovem Pesquisador na época do anúncio da detecção das ondas gravitacionais. Flávia Sobreira, hoje professora do IFGW-UNICAMP, também participa do estudo através da colaboração Dark Energy Survey. Flávia fez doutorado e pós-doutorado no IFT.

Na lista de artigos mais citados na América Latina figuram dois professores do quadro permanente do IFT. Os artigos “An SU(3) x U(1) model for electroweak interactions”, Phys. Rev. D 46 (1992) 410, de autoria de F. Pisano and V. Pleitez, e “Super-Poincaré covariant quantization of the superstring”, J. High Energy Phys. 0004 (2000) 018, de autoria de N. Berkovits, possuem, respectivamente, um total de 500 e 393 citações pela base de dados ISI. Os artigos dos professores Vicente Pleitez e Nathan Berkovits, ambos professores titulares do IFT, são os únicos artigos do Brasil a figurarem nessa lista.

Unan – Unesp Agência de Notícias



Conteúdo relacionado